Consultoria Antropologia

05/10/2008

A identidade social do homem brasileiro e suas implicações para a evangelização e pastoreio

Neste capítulo tenciono expor alguns marcadores da identidade social do homem brasileiro e propor associações com os processos de evangelização e pastoreio do mesmo, pressupondo que […]
05/10/2008

Método Urbanos – Ferramenta de pesquisa sociocultural urbana

A sociedade brasileira é profundamente diversificada racial e socialmente. Por outro lado possui alguns marcos definidores de sua identidade social fazendo com que o homem brasileiro […]
04/10/2008

Conceituando a Antropologia, a Cultura e o Homem.

  O objetivo deste capítulo é introduzirmos antropologia como ciência social, a partir dos seus próprios conceitos, assim como os da cultura e do homem, constituindo […]
04/10/2008

Os Padrões Ético, Êmico e Êmico-Teológico

A Etnologia é normalmente estudada como um ramo antropológico que está ligado às formulações da identidade cultural de um segmento ou agrupamento[1]. Usando-a como ponto de […]
04/10/2008

A respeito das metodologias antropológicas para o estudo cultural

Iniciaremos este capítulo discorrendo a respeito dos objetivos da Antropologia e das dificuldades dos métodos. Quanto aos objetivos da Antropologia, Boas tenta responder em sua palestra […]
04/10/2008

Métodos Antropos

O método Antropos é composto por 3 abordagens específicas. A primeira que veremos aqui recebe o mesmo nome (Antropos) e possui um foco mais etnográfico. A […]
04/10/2008

Considerações sobre a fenomenologia religiosa

Croatto[1] apropriadamente chama nossa atenção para o fenomenólogo afirmando que este procura o significado da religiosidade humana enquanto historiador se preocupa com as evidências deixadas. A […]
04/10/2008

Quatro padrões de observação dos fenômenos religiosos

Sugiro inicialmente utilizarmos quatro observações distintas e complementares sobre um mesmo fenômeno religioso a fim de examiná-lo em termos de compreensão e aplicabilidade na comunicação intercultural. […]
04/10/2008

Funcionalidade dos seres visíveis e invisíveis na organização social

A vida e a religiosidade que a envolve é organizada de diferentes formas em diferentes cosmovisões e estrutura. Neste ponto falaremos sobre a funcionalidade humana nesta […]
04/10/2008

Conceitos Antropológicos de Comunicação

Já discorremos, ainda que resumidamente, sobre o entendimento relativo ao sagrado e profano, tabus e assuntos pertinentes. Agora, no entanto, devemos enfatizar a necessidade de se […]
04/10/2008

Bibliografia sugestiva

  ARAÚJO, Stephenson Soares. A manipulação no processo da evangelização. Belo Horizonte. LERBAN, 1997. AUGE, Marc. Os domínios do parentesco. Lisboa: Edições 70, 1975. BOAS, Franz. […]
27/08/2008

Magia

Trato da magia do ponto de vista antropológico. Desta forma não iremos abordar a prática mágica sob o crivo da teologia bíblica ou mesmo sob uma […]
27/08/2008

Mitos

Um aspecto muito valorizado na fenomenologia é o mito. Numa breve conceituação devemos dizer que o mesmo se distingue da história não por critérios de veracidade […]
27/08/2008

Ritos

Os ritos são atividades que ‘devem produzir um determinado efeito’[1]. Seja de purificação ou limpeza do corpo e do ambiente, seja de renovação de forças que […]
25/08/2008

Totemismo

Neste tópico não me dedicarei a mencionar as diversas teorias sobre o totemismo, desenvolvidas por Frazer, Spencer, Roth, Lang e outros, nem mesmo o conceito original […]
09/03/2008

Roteiro cultural 2008

          Roteiro de pesquisa de identidade sociocultural Método ANTROPOS Grupo étnico ou segmento social: Família cultural e tronco lingüístico:   Localização central […]