Quais os primeiros passos de pesquisa em um grupo indígena ?

Quais os primeiros passos para o aprendizado de uma lingua local na Africa?
12/04/2011
Como posso usar o método cronológico na evangelização ?
12/04/2011

Quais os primeiros passos de pesquisa em um grupo indígena ?

PERGUNTA: Quais os primeiros passos para uma pesquisa de campo, para quem vai trabalhar com um grupo indígena sem material cultural publicado? Quais as orientações para uma abordagem inicial? (Anônimo)

RESPOSTA: Carlos Carvalho – MNTB

Meu nome é Carlos Carvalho e trabalho a 27 anos com a Missão Novas Tribos do Brasil. No campo tribal trabalhei com o povo Zoé do Pará, e no treinamento de missionários por 10 anos. Atualmente sou Consultor de Campo nas áreas de Aquisição de Cultura e Língua para plantação de Igrejas. Recebi sua pergunta e é um prazer poder ajudá-lo

No treinamento dos nossos missionários e nas capacitações que temos ministrado a Pastores e líderes de Missões temos procurado enfatizar a necessidade urgente de uma profunda revisão de paradigmas, sobretudo no que toca a Evangelização Transcultural.

Num primeiro momento, uma pesquisa de campo requer uma investigação detalhada das condições atuais daquele grupo em termos de realidades sócio-culturais, econômicas, políticas e de acesso a eles e deles ao universo externo. Esta pesquisa é de suma importância, pois determinará o grau de acessibilidade do grupo e projetará algumas áreas de conflito como também de possibilidades.

Com relação à abordagem com vistas a desenvolver um ministério junto a um povo tribal, existem certos pressupostos fundamentais que não podem ser olvidados:

1. A Base fundamental é o RELACIONAMENTO – Desenvolver muitos bons e profundos relacionamentos é difícil e levará tempo, mas é imprescindível para o sucesso de qualquer trabalho.

2. Permita que a vida diária do povo, a maneira de SER  e de VIVER  deles seja agora a sua… VIVA COM ELES E COMO ELES  (até onde é possível, obviamente) o que nos leva aos três passos básicos para a comunicação eficiente.

EXPERIMENTE suas vidas e realidades, COMPREENDA seus motivos e razões para serem como são e fazerem o que fazem, e então COMUNIQUE cultural e linguisticamente.

Como você pode ver, não é algo simples de se fazer e que requer treinamento e muita disciplina… E ainda nem falamos sobre a aquisição (aprendizado) da cultura e da língua tribal… Mas isto é assunto pra mais tarde…!

Se quiser mais informações sobre treinamento pode procurar no próprio site do INSTITUTO ANTROPOS OU DA MISSÃO NOVAS TRIBOS DO BRASIL.

Abração e que Deus te abençoe!

Carlos Carvalho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.